Radialcor
Partilhar
Contacte-nos
ESCOLHER COR

Como escolher a cor

Como escolher a(s) cor(es) certa(s) para as paredes da sua casa!

A escolha de uma cor é sempre uma questão muito pessoal. Todos nós preferimos certas cores a outras. Normalmente as que mais gostamos têm a ver mais com a nossa personalidade e a nossa maneira de estar. Assim, quando escolhemos cores para a casa, queremos que elas reflitam o nosso gosto e a forma como vivemos. Todas as cores são bem-vindas, desde que tragam equilíbrio ao ambiente.



Para escolher a cor certa para as paredes da casa, confira algumas orientações que podem ajudar.





Sabemos que as cores influenciam as nossas emoções, existindo cores que nos transmitem mais energia e outras que nos fazem relaxar. Por isso, ao decorar cada divisão da sua casa deverá considerar o fim a que esta se destina e o ambiente que nele deseja criar.

Por exemplo, o hall de entrada dita a primeira impressão que as visitas têm de sua casa. Aproveite para lhes proporcionar um ambiente acolhedor.

Se a sua sala de estar for essencialmente um lugar de repouso, poderá optar por cores sóbrias, mas se preferir torná-la um local de entretenimento, deverá usar cores mais estimulantes. As cozinhas têm normalmente um ambiente quente que poderá ser atenuado usando superfícies brancas, combinadas com tons frescos.

Ao contrário, as casas de banho parecem frias mas poderá dar-lhes um ambiente mais aconchegante usando tons quentes. Os quartos são divisões muito pessoais, onde o gosto de quem os habita deve predominar.



Deve questionar-se sobre se prefere algo mais simples, elegante ou mais vibrante, tendo em conta aspecto como os móveis, a decoração e a cor das portas e janelas.


  • SUBTIL E SUAVE


Se optar por um estilo subtil e suave deve optar por escolher cores dentro do mesmo tom e usar uma abordagem monocromática, como por exemplo, selecionar uma variedade de tons azuis.

Este estilo combina perfeitamente numa casa-de-banho ou num quarto, se pretender ter uma sensação de relaxamento. Neste caso, basta escolher uma cor que lhe agrade e jogar com tons dentro dessa cor.

Pode, por exemplo, escolher uma cor mais escura para a parede, mas depois utilizar outros tons mais suaves dentro do mesmo esquema de cores em objetos decorativos, como velas, toalhas, roupa de cama, etc.

Pode também escolher uma cor mais escura para pintar uma parede, como roxo escuro, e pintar uma outra parede de lilás para contrastar.








  • ELEGANTE


As cores neutras, como o branco e o bege, oferecem elegância e flexibilidade a qualquer divisão. Dão a opção de mudar rapidamente a aparência da divisão, por adição de diferentes acessórios coloridos, ou até pintando a mobília de uma nova cor.

Pode transformar uma simples sala de estar num local elegante, selecionando vários tons de cores neutras.

Pode adicionar pequenos pormenores de cor à divisão para compensar os tons neutros das paredes.






  • VIBRANTE


O mais comum é as cores neutras serem as preferidas no momento de pintar as paredes. No entanto, se quiser quebrar a monotonia, arrisque em cores mais fortes nas paredes e nos acessórios decorativos.

Se quer um quarto ou uma sala com um toque especial e fora do comum, escolha cores vibrantes, como vermelhos, laranjas ou roxos escuros.

Este estilo funciona bem se, por exemplo, combinar cores opostas uma à outras no círculo cromático, como azul e laranja e vermelho e verde. É garantido que terá uma divisão muito original!








É importante ter em conta que a iluminação de uma divisão altera a percepção das cores, principalmente das cores escuras.

Uma cor escolhida à luz do dia pode parecer-lhe diferente sob luz artificial. Por isso, avalie a cor escolhida através da luz que mais utiliza na divisão.

Um factor que também deve considerar é para onde se encontram viradas as janelas.

As janelas viradas para Norte tendem a ser mais sombrias, e por isso, pedem cores quentes. As janelas viradas para Sul são mais beneficiadas com a luz do sol, e podem ser compensados com cores frias.





Espaços pequenos beneficiam cores claras e frias como os azuis e os verdes, que fazem recuar as paredes criando uma sensação de largura. Já as cores fortes e quentes, como o vermelho e o laranja, fazem avançar os limites da sala, criando uma sensação de aproximação e envolvência, ideal para espaços grandes e frios.

Ainda de acordo com esta lógica, pode alargar um corredor ou um quarto estreito pintando as paredes de fundo com uma cor quente e as laterais com uma cor mais clara. Assim, as paredes vão parecer mais afastadas, ao mesmo tempo que o compartimento irá parecer mais curto.

Se pretender um espaço mais amplo opte por cores neutras, como os brancos, os cremes e bejes ou outras cores de tonalidade clara. Já os tons quentes conferem aos espaços um clima mais acolhedor.




Independentemente das cores que escolher para o interior da sua casa, o essencial é sentir-se confortável dentro do seu espaço!